Passing Shot

Fevereiro 26, 2007

Atp Buenos Aires: Monaco vence na Argentina

Filed under: Resultados — Milena Araújo @ 2:59 pm

monaco.jpg

Vitória de um tenista da casa no torneio de Buenos Aires. Juan Monaco ganhou o torneio, batendo na final o italiano Alessio di Mauro.

O torneio argentino tem a particularidade de a primeira fase ser decidida por round robin. Mas, mais relevante foi ver grandes nomes como Nalbandian, Moya, Ferrero e Acasuso, ficarem pelo caminho. Foi a oportunidade para um jogador menos cotado como Monaco, sagrar-se campão. E o argentino não desperdiçou a opurtunidade. Venceu Di Mauro, com os parciais de 6-1 6-2.

Anúncios

Atp Roterdão: Supresa na vitória de Youzhny

Filed under: Uncategorized — Milena Araújo @ 2:55 pm

roterdao.jpg

Com nomes como Davydenko e Ljubicic, quem diria que seria Mikhael Youzhny a conquistar o título? Talvez ninguém. Mas a verdade é que o tenista russo, que já nao ganhava um torneio Atp desde 2004, levou a melhor sobre o croata Ivan Ljubicic na final do torneio realizado na Holanda. Youzhny venceu por 6-2 e 6-4.

Ljubicic parece bem-encaminhado para fazer um grande ano no circuito profissional. Recorde-se que o tenista croata já esteve em três finais, sendo que só ganhou uma, em Doha.

Atp Memphis: Haas em grande forma

Filed under: Resultados — Milena Araújo @ 2:54 pm

memphis.jpg

Tommy Haas venceu pela terceira vez na sua carreira o torneio de Memphis. O alemão derrotou na final o tenista da casa, Andy Roddick, por 6-2 e 6-3. Já na meia-final havia derrotado um americano, Mardy Fish.

O tenista germânico realizou um torneio quase perfeito, no qual não perdeu um unico set. Na verdade, Memphis parece ser o torneio ideal para o alemão. Haas já havia ganho aqui em 1999 e 2006.

Wta Memphis: Venus Williams Vitoriosa

Filed under: Resultados — Milena Araújo @ 2:46 pm

williams.jpg

É um torneio de Tier III? É. As principais jogadoras do circuito Wta não estiveram presentes em Memphis? Também é verdade. Mas nada disto importa, o torneio ficará marcado pelo regresso de Venus Williams à competição (e às vitórias) após quatro meses afastada dos courts.

Na final, em Memphis, a norte-americana derrotou a israelita Shahar Peer, com um resultado bastante expressivo: 6-1 6-1. Veremos até onde vai a mana mais velha do clã Williams. O seu objectivo é bem claro: “Quero estar entre as 16 melhores jogadoras do ranking Wta, até o inicio de Roland Garros”.

Wta Dubai: Henin regressa às vitórias

Filed under: Resultados — Milena Araújo @ 2:41 pm

henin.jpg

Três presenças, três triunfos. Justine Henin revalidou o seu título de campeã no Dubai, ao derrotar Amelie Mauresmo. A belga bateu a francesa na final, com os parciais de 6-4 7-5.

O mais curioso é que Justine nunca perdeu no Dubai. Em três presenças no torneio, ela ganhou todas as partidas disputadas, que fazem dela tricampeã no torneio disputado no Médio Oriente.

De salientar que antes desta final, o frente a frente entre Henin e Mauresmo estava empatado, com seis vitórias para cada lado. Agora, é Henin quem vai à frente com sete vitórias.

Fevereiro 19, 2007

Murray triunfa em San Jose. No Brasil, Canas é campeão

Filed under: Resultados — Milena Araújo @ 7:59 pm

canas_costa.jpg clip_image0022.jpg

Costa do Sauípe: Na final do torneio encontraram-se dois tenistas que já viveram melhores dias nas suas carreiras. De um lado, o argentino Gillermo Canas, jogador número 107 do mundo, do outro, Juan Carlos Ferrero, ex-número 1 do mundo e actual 26º no ranking Atp.
Canas acabou por conseguir uma vitória fácil, com os parciais de 7/6 e 6/2. Num torneio disputado em terra batida, onde quase todos os jogadores eram espanhóis ou latino-americanos, esperava-se mais de Ferrero. Ficamos à espera que o valenciano, campeão de Roland Garros em 2003, volte à sua melhor forma.

San Jose: O jovem Andy Murray voltou a a sagrar-se campeão no torneio californiano. Depois de em 2006, com apenas 18 anos, ter vencido na final o consagrado Andy Roddick, desta vez, Murray venceu o croata Ivo Karlovic. Apesar da vitória do inglês ter sido difícil (6/7, 6/4, 7/6), a verdade é que, cada vez mais, Andy Murray dá sinais de ser um dos grandes tenistas do futuro.

Fevereiro 18, 2007

ATP Marselha: Gilles Simon vence e surpreende

Filed under: Resultados — Milena Araújo @ 6:29 pm

270167-980642-317-2381.jpg

O desconhecido tenista francês Gilles Simon surpreendeu tudo e todos ao ganhar o torneio de Marselha. Ele derrotou o muito mais experiente e recém campeão em Zagreb, Marcos Baghdatis. O francês, que não contava com nenhum título de um torneio Atp na carreira, impôs-se em dois sets, com os parciais de 6-4 e 7-6.
Num torneio onde participaram nomes como Nicolay Davydenko, Richard Gasquet, Gael Monfils, Ivan Ljubicic e Lleyton Hewitt, bem podemos dizer que Simon, jogador número 45 do ranking Atp, foi a grande surpresa.

WTA Antuérpia: Mauresmo – uma vitória que vale ouro…e diamantes

Filed under: Resultados — Milena Araújo @ 6:08 pm

diamonds.jpg

Amélie Mauresmo derrotou Kim Clijsters pela segunda vez consecutiva na final do torneio belga. A francesa ganhou com os parciais de 6-4 e 7-6. A vitória acabou por ser merecida, apesar de Amelie nunca ter arriscado muito. Pelo contrário, foi Kim Clijsters quem mais procurou a vitória. Mas a belga acusou a pressão de estar a jogar pela última vez um torneio na sua terra natal (recorde-se que a tenista vencedora do US Open em 2005 vai retirar-se da competição no final deste ano) e falhou muito, sobretudo na sua pancada de direita. Amelie aproveitou e, para além de ganhar o prémio de campeã do torneio (ronda os noventa mil dólares) ainda leva para casa uma raquete de ouro cravejada de diamantes, por ter vencido este torneio três vezes consecutivas. De facto, este prémio é atribuído à jogadora que conseguir ganhar o torneio por três vezes em cinco anos. De salientar que Mauresmo foi a primeira a conseguir esta proeza.`

É caso para dizer, Diamonds are Mauresmo’s best friends!

Fevereiro 11, 2007

Taça Davis: Primeira Ronda

Filed under: Resultados — Milena Araújo @ 11:25 pm

clip_image0021.jpg

França:4 vs. Roménia:1
A jovem promessa do ténis francês, Richard Gasquet, foi a figura mais importante na fácil vitória da França sobre a selecção romena. Ele venceu Victor Hanescu e Andrei Pavel, ambos em três sets. Andrei Pavel foi também derrotado por Sebastien Grosjean, enquanto que Arnaud Clement derrotou Florian Mergea. O único triunfo romeno deveu-se à vitória da dupla Florin Mergea e Horia Tecau, frente a Clemente e Llodra.

Alemanha: 3 vs. Croácia: 2
Esperava-se um duelo equilibrado e assim foi. Mas o alemão Tommy Haas, vivendo um bom período na sua carreira, não deu hipótese à concorrência. Venceu Mário Ancic por 2-6 6-4 6-4 6-4. Mas o melhor ainda estava para vir… Haas Bateu Ivan Ljubicic por três sets a zero, sendo que o croata não dispôs de um único ponto para quebrar o serviço ao alemão. Becker foi responsável por duas derrotas alemãs (perdeu diante de Ljubicic e Cilic), porém, a dupla alemã foi superior à croata.

República Checa: 1 vs. EUA: 4
O triunfo dos EUA começou a desenhar-se cedo. Andy Roddick bateu Ivo Minar em quatro sets. Depois, foi a vez de Thomas Berdych trazer algum equilíbrio ao encontro. O checo defrontou e venceu James Blake. A partir daqui só vitórias norte-americanas: os irmão Bryan (quem mais?) nas duplas, Roddick novamente, desta vez frente a Berdych e ainda Bryan contra Douhly.

Suiça: 2 vs. Espanha: 3
Roger Federer decidiu não jogar a primeira ronda da Taça Davis e a verdade é que certamente também não jogará a segunda. A Suiça até começou melhor, com Chiudinelli batendo Verdasco em quatro sets, no entanto, os três confrontos seguintes seriam vencidos por nuestros hermanos: Ferrer bateu Bohli, a dupla Lopez e Verdasco superiorizou-se a Allegro/ Chiudinelli e Verdasco foi mais forte que Bohli. No fim, um último triunfo para a Suiça quando tudo já estava decidido. Chiudinelli venceu David Ferrer em três sets.

Bielorrúsia: 2 vs Suécia: 3
Muito equilíbrio tenístico entre bielorrussos e suecos. Nos singulares, duas vitórias fáceis para os nórdicos. Soderling e Thomas Johansson venceram Voltchkov e Mirnyi, respectivamente. Mas a emoção ainda estava para vir… A Bielorrúsia viria a diminuir a desvantagem, com a dupla Max Mirnyi/Voltchkov. Eles bateram a dupla sueca composta por Aspelin e Bjorkman. No entanto, o jogo mais disputado foi o que opôs Mirnyi a Robin Soderling. O sueco viria a ganhar por 6-7 7-5 6-7 7-6 6-3. No fim, e só para cumprir calendário, Voltchkov derrotou Johansson.

Áustria:1 vs. Argentina:4
A Argentina é outra das selecções apuradas para a segunda ronda da Taça Davis de 2007. No primeiro confronto entre Áustria e Argentina, José Acasuso derrotou facilmente o austríaco Koubek. Depois, foi a vez de Ganas fazer o mesmo mas frente a Melzer. A Áustria reduziu a desvantagem nas duplas. Knowle/Melzer venceram Acasuso/Pietro. Foi a longa maratona entre Del Porto e Melzer que decidiu tudo. O argentino deu a vitória à sua selecção, impondo-se frente ao austríaco com parciais de 7-6 3-6 6-4 4-6 6-2. Por fim, mais uma vitória de Ganas. Desta vez, a vitima foi Peya.

Bélgica:3 vs. Austrália:2
No primeiro desafio entre as duas selecções, o melhor jogador australiano da actualidade, LLeyton Hewitt, perdeu em cinco sets, diante de Vliegen. A Bélgica adiantou-se para 2-0 devido à vitória de Rochus frente a Guccione. De seguida, tempo para a recuperação australiana: a dupla Hanley Hewitt derrotou a dupla Rochus/Vliegen. Depois, Hewitt redimiu-se da sua primeira derrota, vencendo o belga Rochus em três sets. Tudo se decidiu na última partida: a Bélgica passa à segunda ronda com a vitória de Vliegen frente a Guccione.

Chile:2 vs. Rússia:3
No Chile, foi a Rússia quem começou melhor: Marat Safin venceu Nicolas Massu em apenas três sets. Na segunda partida, outra vitória russa: Andreev foi mais forte que o finalista vencido do Australian Open, Fernando Gonzalez. A recuperação da equipa da casa começou no jogo de duplas: Massu e Gonzalez bateram Andreev/Safin por 7-6 6-3 e 6-4. A recuperação prosseguiu com a vitória de Gonzalez diante de Safin. No encontro decisivo, a passagem à segunda ronda foi alcançada pelos russos: Andreev bateu Massu.

WTA Paris: Petrova campeã

Filed under: Resultados — Milena Araújo @ 7:42 pm

petrova.jpg

Na final do torneio de Paris encontraram-se Nadia Petrova e a revelação do momento, Lucie Safarova. A russa vinha de uma difícil vitória frente à número três mundial, Amelie Mauresmo, enquanto que a checa conseguiu levar de vencida a belga Justine Henin nas meias-finais.

Podemos dizer que a final do estádio Pierre de Coubertin teve dois momentos: antes de Petrova provocar a adversária e depois de Petrova provocar a adversária. Passo a explicar: no primeiro set Lucie Safarova jogou um ténis de altíssima qualidade, não dando qualquer hipótese à sua adversária: Safarova venceu por 6-4. No inicio do segundo set, o triunfo da namorada de Thomas Berdych parecia vir a confirmar-se. De facto, Safarova quebrou logo de entrada o serviço a Petrova e já vencia no seu jogo de serviço por 40-0. Eis que Petrova faz um gesto para a adversária. Nadia tapa os olhos e simula pancadas com a raquete, como que dizendo que Lucie nem precisa ter os olhos abertos para conseguir colocar todas as suas pancadas dentro do court. A partir daí não mais vimos o bom jogo de Safarova, a checa pareceu perder toda a concentração. Petrova partiu para a vitória vencendo o segundo e terceiros set, com parciais de 6-1 e 6-4.

« Newer PostsOlder Posts »

Create a free website or blog at WordPress.com.